Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Transporte Sentimental



Domingo, 20.11.16

recado para rita ferro e que me desculpe se puder

Image.jpg


Ontem dia 19-11-2016 eu devia ter ido ao Palácio Foz para a ouvir mas só cheguei a Lisboa depois das sete da tarde. Tinha uma actividade na Casa do Alentejo à mesma hora mas aí já não é tão grave porque estava presente na leitura de poemas em homenagem a Eduardo Olímpio. Hoje dia 20-11-2016 devia estar em Tomar numa reunião do Fórum Ribatejo mas fico por Lisboa na celebração do aniversário da minha irmã Maria do Carmo e do meu cunhado Jorge Morgado. Quis ligar-lhe mas o seu telemóvel não funciona e talvez já tenha mudado tal como presumo que mudou de morada e de código postal. Longe vão os tempos de Vale de Óbidos e de São João da Ribeira. Era por 1997 a 2001 quando eu parava na sua casa para dois dedos de conversa. Um dos seus livros foi objecto de uma ficha de leitura no jornal O MIRANTE e fiz-lhe uma entrevista debaixo do telheiro de Vale de Óbidos. É curioso e insólito como a mesma cidade que a repeliu a si tenha recebido de braços abertos a sua irmã Mafalda. Sei que mudou a Presidência da Câmara mas…. Liga-me a Rio Maior a ida à Feira da Cebola em Setembro e, no regresso a Santa Catarina, o inevitável saco de sal para a matança do porco em Dezembro com a chegada do frio que afastava as moscas; bastava uma mosca para estragar a salgadeira. Por aqui tudo na mesma, os anos passam. A minha filha mais velha (n.1978) e a minha filha mais nova (n.1985) vivem e trabalham no Estrangeiro. Só o meu filho do meio (n.1981) está em Lisboa à distância de duas paragens de autocarro. Já tenho quatro netos: Tomás, Lucas, Pedro e António. Os netos são um pouco como os livros: o posfácio da vida de todos os dias, os nossos juízes no futuro que vem já aí. Outro dia escrevi que um dia talvez me lembrem como um avô anacrónico. Gostava de saber a sua opinião. Obrigado desde já. --

Autoria e outros dados (tags, etc)

por José do Carmo Francisco às 12:22

Domingo, 20.11.16

de joão céu e silva a aniceto carmona - memórias do caçador de gralhas

Image.jpg


João Céu e Silva não fala com José Vilela e é pena. Se almoçasse na Paparrucha com este editor (Bonecos Rebeldes) e livreiro (Escadinhas do Duque 19A) ficava a saber que ele descobre sempre uma gralha. Ainda agora com a antologia de poemas dedicada a Monserrate («O jardim que o pensamento permite») logo descobriu a gralha no nome de Maria Gabriela que aparece Llansoll nas páginas 47, 48 e 49. No «Diário de Notícias» de 19-11-2016 João Céu e Silva escreve sobre o mais recente livro de J. Rentes de Carvalho e afirma que passaram 50 anos sobre 1956 quando são 60. Autor de um livro sobre a obra de José Saramago, talvez João Céu e Silva tenha reparado no livro «Viagem a Portugal» quando o autor pára em Santarém e escreve igreja de São João de «Alpalhão» em vez de Alporão. Ou então na citação de Almeida Garrett na abertura do «Levantado do Chão» quando troca «infâmia» por infância. Faz parte e acontece aos melhores. No livro «Marcha Triunfal» de Júlio Dantas nas páginas sobre a batalha de Montes Claros (século XVII) surge na página 114 o veterano português Silva Moura mas já na página 120 lhe chama Silva Nunes tal como na 121. Já nos nomes de Tristão da Cunha e Furtado de Mendonça não há gralhas. Para mim o Jornalismo ainda é uma disciplina da Literatura e considero-me um exemplo. Digo a brincar que fiz a Escola Primária no «Catarinense» e na «Gazeta do Sul», o Liceu no «Diário Popular», no «Notícias da Amadora», em A BOLA, no «Ponto» e no Jornal do Sporting, e a Universidade na Revista Ler, na «Gazeta das Caldas», no «Correio do Ribatejo» e na Antena Um Açores. Sem esquecer o «Record», o «Ribatejo», «O Mirante», «A Voz de Alcobaça, o «Diário Insular» e tantos outros que fazem parte do meu C.V., eu um pobre plumitivo «para quem os jornais foram a sua Universidade». --

Autoria e outros dados (tags, etc)

por José do Carmo Francisco às 09:36


Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Novembro 2016

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930