Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Transporte Sentimental



Sábado, 08.06.13

do 5 de outubro ao desastre de quintinshil

Image.jpg


A minha estranha emoção pelos nomes que ser perderam
Talvez seja da minha idade (n.1951) ou de outro motivo qualquer mas a
verdade é que ultimamente me deixo possuir por uma estranha comoção sempre
que leio os chamados nomes anónimos. Nomes anónimos não há, no sentido
técnico do termo, mas há muitos nomes esquecidos. Como os mortos e feridos
da Revolução de 5 de Outubro de 1910. O livro de Celestino Steffanina
(edição Fólio Exemplar – 2010) refere por exemplo um morto de 33
anos, de seu nome António Pinheiro, um 1º cabo da Guarda Municipal, natural
das Caldas da Rainha mas também uma doméstica de 37 anos, Balbina da
Conceição, moradora na Travessa Rebelo da Silva nº 5, 1º andar. Fico a
pensar quem terão sido estas pessoas cuja vida ser perdeu também por nós no
5 de Outubro e em todas as outras 398 pessoas.
Mais complicado não deixa de ser o que se passou em 22-5-1912 em
Quintinshil, algures entre Glasgow e Carlisle. Houve 227 mortos e 245
feridos no pior desastre dos caminhos-de-ferro britânicos pois além do
choque entre vários comboios por erro humano dos manobradores das linhas da
estação, surgiu um posterior incêndio. Entre os 227 mortos 215 eram
soldados de um regimento escocês. O mais espantoso aconteceu depois: como
era tempo de guerra (1914-1918) havia severas restricções à difusão de
notícias sobre mortes de soldados. Como se não bastasse o azar de viajarem
em 15 carruagens de madeira puxadas por uma máquina movida a acetileno, os
mortos não tiveram o direito à divulgação do seu nome em última homenagem.
A guerra ditou as suas leis e impediu que o desastre fosse divulgado. Os
responsáveis pelo desastre, o pior da história no Reino Unido, Meakin e
Tinsley de seus nomes, foram a julgamento e, no fim do mesmo, punidos, por
esta ordem, com 18 meses e 3 anos de prisão.
José do Carmo Francisco
--

Autoria e outros dados (tags, etc)

por José do Carmo Francisco às 18:54

Sábado, 08.06.13

há milhares de livros sobre a vida de santa catarina

Image.jpg


O egoísmo apalermado à solta na Gazeta das Caldas
Ausente de Portugal no momento da polémica sobre o nome do Agrupamento Escolar
de Santa Catarina, aqui fica a minha opinião. Na Gazeta de 10-5-2013 uma carta
de Helena Justino coloca o dedo na ferida ao perguntar aos fanáticos da Escola
Bordalo Pinheiro pelas coisas «realmente importantes» mas a carta de Carlos
Oliveira na mesma edição é exemplar pelas piores razões. Desde afirmar que
Santa Catarina é «uma aldeia que fica lá atrás do sol-posto» até concluir que
«Santa Catarina manda mais que as Caldas nos agrupamentos escolares», o egoísmo
apalermado de que o autor se faz eco nas páginas da Gazeta, não sabe nada. Nem
a minha freguesia é uma aldeia nem fica atrás do sol-posto. É uma vila, já foi
concelho, tem um foral antigo de 700 anos e o sol-posto fica para o lado de S.
Martinho. O egoísmo apalermado de muitos fecha-os ao entendimento de que a
decisão do Ministério da Educação (assim ou assado) não vai alterar a geografia
do Agrupamento. Ficará em Santa Catarina. Convém lembrar que Santa Catarina é
uma santa de todo o mundo, há milhares de livros sobre a sua vida heróica e a
nossa língua regista a frase «ficar a ver navios no alto de S. Catarina» quando
alguém que falha objectivos. Os Catarinenses deram ao Mundo o bispo José da
Silva Rebelo e hoje em dia a empresa IVO CUTELARIAS quando ganha prémios no
estrangeiro nunca esconde a sua origem. Até eu quando integrei a comitiva
portuguesa da Festa do Livro de Fortaleza (Ceará) coloquei sempre as palavras
Caldas da Rainha junto aos meus dados biográficos tal como fiz no livro
«Mansões abandonadas» editado em S. Paulo pela Escrituras Editora. Convém
lembrar que nós em Santa Catarina estamos ligados a Caldas da Rainha até no
código postal. Sem quaisquer complexos, sem egoísmos palermas, sem ignorâncias
agressivas.
José do Carmo Francisco
--

Autoria e outros dados (tags, etc)

por José do Carmo Francisco às 12:01


Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Junho 2013

D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30