Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Transporte Sentimental



Terça-feira, 20.01.15

vi na tv um «rapaz» que me salvou a vida em 1963

Image.jpg


Primeira nota – a foto da igreja da minha terra é Valter Vinagre. A vida é um mistério, não é um negócio. Se fosse um negócio os ricos compravam a saúde e viviam muito mais tempo do que nós. O uso desta palavra (nós) neste texto e neste contexto significa para mim que eu entendo fazer parte do chamado «contingente geral» da vida. Trabalho desde Setembro de 1966 e continuo a trabalhar ainda hoje, pagando sempre os meus impostos que são cada vez maiores. Ainda me lembro de aos 15 anos descontar 9 escudos por mês para o Sindicato mas só aos 18 anos me tornei sócio do SBSI e de descontar 16 escudos por mês para o Fundo de Desemprego embora sabendo que, se um dia ficasse desempregado, não iria lá buscar nem um tostão. Mas isso é outra conversa. Pois de modo de facto acidental fui outro dia visitar um familiar convalescente de uma operação ao joelho e vi o programa «O Preço Certo» no qual surgiu um grupo de gente da minha terra, pessoal ligado à produção de facas e navalhas na firma «IVO Cutelarias» fundada por João Ivo Peralta. Entre os assistentes desse espectáculo televisivo na plateia estavam dois irmãos. Um, o Manuel Clímaco foi meu colega de turma na quarta classe; outro, o Joaquim salvou-me a vida quando a burra que eu tinha ido buscar ao Vale d´Água das Oliveiras se assustou com o cão do Afonso Ferrador e desatou a galopar até à porta da Quinta da Casa Grande. Eu caí em cima das pedras e fui arrastado com a arreata pelo animal em pânico até que o Joaquim Clímaco a fez parar. Anos depois em conversa amena disse-me a sorrir que naquela manhã de Domingo não me tinha salvo a vida quando me viu no chão e a burra a puxar por mim nas pedras: «Fiz o que tinha a fazer e pronto!» --

Autoria e outros dados (tags, etc)

por José do Carmo Francisco às 11:42



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Janeiro 2015

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031





Visitas