Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Transporte Sentimental



Quinta-feira, 26.02.15

uma sardinha de lisboa para oleg basyuk

Image.jpg


Depois de Ruslam Botiev (da Mongólia) e de M. Nagashima (do Japão), o meu terceiro pintor estrangeiro de Lisboa é Olega Basyuk, um artista que veio da Ucrânia e vive no Chiado. Esta sardinha de Oleg Basyuk com a cidade de Lisboa dentro do seu perímetro representa um desejo de Sol bem ao lado do cansaço da chuva, do frio, do vento e da neblina matinal. Para quem chega da Ucrânia, tal como quem aparece aqui vindo da Mongólia ou do Japão, a cidade de Lisboa surge como um espaço atlântico e mediterrânico porque é, na Europa, o fim da terra e o princípio do mar. A imagem da sardinha assada no Verão da cidade não passa de um sonho neste tempo de Inverno prolongado com o benefício exclusivo para as albufeiras das barragens de Portugal. «Devia chover só de noite!» - costumo eu dizer a Olega Basyuk pois compreendo a sua tristeza perante as bátegas que se aproxima para cair no meu e seu miradouro de São Pedro de Alcântara. Ali, com o castelo de São Jorge em frente e com a Sé de Lisboa e o rio Tejo à direita, com a cidade das avenidas novas à esquerda, Olega Basyuk pinta Lisboa dentro de uma sardinha. Uma cidade - o mesmo é dizer suas casas, suas pedras, suas gentes que falam e se debruçam nas janelas apenas entreabertas porque continuam à espera do esplendor do Sol. Há nesta sardinha de Olega Basyuk a expressão viva de um tempo suspenso: a cidade de Lisboa espera em alvoroço a época luminosa da sardinha e do seu encontro com o fumo na festa colectiva no meio do arraial de cada Bairro. É uma alegria convocada por um artista que veio da Ucrânia, vive no Chiado e continua rendido à paisagem povoada da cidade que ele escolheu para colorir todos os dias nas suas ruas, praças e miradouros. --

Autoria e outros dados (tags, etc)

por José do Carmo Francisco às 08:41



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Fevereiro 2015

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728





Visitas