Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Transporte Sentimental



Quarta-feira, 25.03.15

subsídios para o 5 de outubro de 1910 - celestino steffanina

Image.jpg


Este livro de 2010 é a edição fac-similada do original de 1913 e foi escrito pelo seu autor para «restabelecer em alguns pontos a verdade em homenagem à História, deturpada tão leviana e tendenciosamente». Celestino Steffanina veio do Brasil com a ideia de «fazer qualquer coisa para que tivesse um termo a bandalheira em que o País se afundava» e o seu texto refere a acção de figuras como Ricardo Covões, Bernardino Machado, Afonso Costa, Alexandre Braga, João Chagas, Inocêncio Camacho, Eusébio Leão, José Relvas, Marinha de Campos, José Barbosa, António Maria da Silva, Cândido dos Reis e Brito Camacho: «um homem que não tendo nunca falado em barricadas, não tendo nunca alardeado valentias, esteve onde devia estar e fez o que devia fazer.» Enquanto Brito Camacho esteve na redacção de «A Luta» a redigir manifestos e avisos ao Povo, Celestino Steffanina deslocou-se com Malva do Vale de automóvel levando e trazendo notícias aos revoltosos entre a Rotunda e o Quartel de Marinheiros em Alcântara passando pelo Rossio e pela Baixa. Um aspecto curioso e que podia ter mudado o rumo do «5 de Outubro» é que segundo o tenente Celestino Soares o rei terá telefonado a Teixeira de Sousa dizendo: «Se estiver no Tejo o destroyer inglês que meta os navios no fundo!» Outro aspecto importante neste livro de 1913 reeditado agora, é a referência aos desgraçados que morreram heroicamente pelo seu ideal, para os feridos, para o Povo. A lista de 440 mortos e feridos com os seus nomes, moradas, razão e lugar da morte e localidades onde nasceram, não se lê sem um arrepio intenso, misto de comoção, de respeito e de homenagem. A República foi feita pelos nomes sonantes mas também pelos bravos de nome discreto e quase apagado, homens e mulheres cujo sangue ajudou a construir o sonho de todos os republicanos. (Edição: Fólio Exemplar – Apartado 40112, 1516-801 Lisboa) --

Autoria e outros dados (tags, etc)

por José do Carmo Francisco às 12:26



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog  






Visitas