Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Transporte Sentimental



Quarta-feira, 04.02.15

recordando nuno guimarães (1942-1973) o poeta o músico

Image.jpg


O tempo não corre, voa. Estamos em 2015 e este livro no qual colaborei com a minha voz «mínima e mesquinha» como diz o poeta Ruy Belo, tem data de 18-1-1997. A edição é da Câmara Municipal de Vila Nova de Gaia e da Junta de Freguesia de Perosinho. A minha participação resume-se a uma homenagem de 1984 no «JL Jornal de Letras». A inscrição é dupla: um texto meu intitulado «A permanência da brevidade» e uma recolha de crítica aos seus livros com um título seu - «Toda a poesia estabelece uma ruptura com as coisas». O tempo voa, passaram 42 anos sobre a sua morte física, 31 sobre a minha intervenção no «JL Jornal de Letras» e 18 sobre a homenagem prestada pela Câmara Municipal de Vila Nova de Gaia por ideia do seu vereador Francisco Barbosa da Costa. Autor de dois livros de poemas - «Corpo Agrário» (1970) e «Os campos visuais» (1973) Nuno Guimarães foi um excelente compositor de fados e baladas de Coimbra. Deixo para outra ocasião uma detalhada referência à sua poesia em livro mas por agora detenho-me, comovido, na sua «Elegia à mãe»: «Não há amor que mais doa / Que o da mãe que nos morreu / É a morte do que lhe demos / É a vida do que nos deu./ Mãe, se as nuvens fossem minhas / E me quisessem levar / Ia ao longe, além da vida / Ao longe, até te encontrar.» Há outro poema por mim escolhido para a antologia «O Trabalho» editada pelos Sindicatos dos Bancários do Norte, Centro e Sul e Ilhas, que fala nos marinheiros que «levam nas dores a liberdade». Foi o 25 de Abril que Nuno Guimarães já não viu: «Os marinheiros / partem ligeiros / sangue das ondas sangue sem lar / os marinheiros dormem no vento / são homens livres aves do mar / levam nos barcos almas perdidas / levam na alma dores escondidas / levam nas dores a liberdade». --

Autoria e outros dados (tags, etc)

por José do Carmo Francisco às 15:17



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Fevereiro 2015

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728





Visitas