Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Transporte Sentimental



Terça-feira, 08.03.16

«poemas de ironia e má-língua» de cristino cortes

Image.jpg


Cristino Cortes (n.1953) estreou-se em livro no ano de 1985 («Ciclo do amanhecer») e retoma neste seu recente trabalho a linha do anterior - «EIA Evidências, Inscrições, Aforismos» de 2013. Neste caso surge um conjunto de «Observações, Imaginações, Teorias e Homenagens» em 49 poemas de respiração diversa, ora breve ora extensa. A ironia está sempre presente seja na fala de Penélope a Ulisses («Fui-te fiel, sim /Oh Ulisses bem amado! / Mas pouco mérito há nessa minha constância/ Foi a majestade de rainha que me salvou/ E o respeito pela tua posição / Dos homens que me rondavam as saias») seja um poema sobre o quotidiano: «Salvou-me o dia, sem saber, a rapariga que a meu lado /Há pouco almoçou». Um ponto curioso é que a ironia do autor incide também sobre o ofício da Poesia; seja a referência Florbela Espanca («Os deuses sabem sempre o que fazem. E raramente acerta / Quem confunde a poesia com espanejar o coração…») seja a Fernando Pessoa: «Desse espaço, tal qual, pouco existe e apenas a memória /De alguns bem velhos lembra ainda ter sido aqui que a luz /Deslumbrou o poeta. Pouco importa. Cada um com a sua cruz / Em algum sítio começa; vale é a futura história.» Entre o pó e a posteridade, o poeta trabalha com as palavras, seu ofício e sua única escolha: «São doces mas também há as que sabem a sal. / Algumas espanejam suas asas sobre portas cinzentas / Atravessam as grades dos pátios, rebentam de cólera / Jogam ao pombo selvagem, alojam-se ao lado do coração». Uma última nota para o título que evoca e invoca o Manifesto Anti-Dantas (Júlio Dantas 1876-1962) de José de Almada Negreiros (1893-1970) e testemunha o desejo de uma geração que acaba de chegar à ribalta da Cultura de atirar pela borda fora a geração que já lá estava. E como ninguém quer sair do pequeno pedestal só mesmo de empurrão. Ou de Manifesto. (Editora: Calçada das Letras, Prefácio: Annabela Rita, Capa: Henrique Ribeiro) --

Autoria e outros dados (tags, etc)

por José do Carmo Francisco às 19:31



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Março 2016

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031





Visitas