Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Transporte Sentimental



Sexta-feira, 15.01.16

para gonçalo rosa sobre o «diário popular» dos anos 60

Image.jpg


O livro «Os grilos não cantam ao Domingo» de Santos Fernando é uma reunião de crónicas da edição de Domingo do «Diário Popular» que nos anos 60 era esperada pelos fiéis leitores e vinha da estação da CP de Vila Franca de Xira numa carroça. Em 1966 eu tinha 15 anos e achava mágico um jornal que me dava o resumo dos jogos do Domingo à tarde nesse dia à noite com os resultados e a classificação do campeonato da I Divisão. Em 1978 quando comecei a colaborar no «Diário Popular» ouvi a história da morte do pintor Falcão Trigoso. A notícia necrológica estava pronta porque o senhor estava moribundo mas os granéis tinham um papel que o vento levou com os dizeres RETIRADO, Alguém perguntou a alguém se aquilo era para publicar e, dito que sim, a coisa avançou. As filhas do pintor vieram lamentar-se ao director Martinho Nobre de Melo. «Não posso fazer nada, meninas. Jornal na rua é pedra saída da mão!» - foi a sua resposta. Claro que dias depois o senhor morreu mesmo. Pode ter sido essa história que esteve na origem da crónica «O homem do fato azul» de Santos Fernando. Vejamos a página 27 do livro: «De súbito, o homem de fato azul repara na notícia da sua morte. No seu retrato. No seu nome destacado. Fica em êxtase. Nunca pensara ser informado da sua morte por uma forma tão inesperada. Assim, dirige-se ao vizinho, um dedo estendido para o jornal. – Sou eu – afirma, enrubescendo. O outro olha o retrato, olha o homem de fato azul e diz: - Os meus sentimentos. – Obrigado – agradece o homem de fato azul – Soube-o agora mesmo pelo jornal do senhor…» A cena passa-se num autocarro da cidade de Lisboa: «Dentro do autocarro os passageiros vão tristes. Como sempre. Fumam, lêem, suspiram.» Neste jogo de vida e de morte o autor cria um diálogo para sorrir mas também para pensar. --

Autoria e outros dados (tags, etc)

por José do Carmo Francisco às 13:03


2 comentários

De Gonçalo Pereirsq a 15.01.2016 às 13:09

Que bela descoberta! Tenho de deitar mão ao livro.

Um abraço e obrigado pela lembrança.

GP

De Luis Eme a 15.01.2016 às 14:53

História deliciosa.

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Janeiro 2016

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31





Visitas