Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Transporte Sentimental



Domingo, 09.02.14

outras leituras de 2008 - jornalismo social e ética

72.jpg


«Por uma ética da comunicação – Jornalismo social»
A Associação CAIS organizou um congresso sobre jornalismo social na Fundação Luso Americana e reuniu em livro as intervenções. São autores das comunicações sobre este tema as seguintes dezasseis personalidades: Henrique Pinto, Augusto Santos Silva, Guilherme Oliveira Martins, Mafalda Eiró Gomes, Joaquim Vieira, Emídio Rangel, Carlos Andrade, Maria de Fátima Goulão, Cristina Fangueiro, Pedro Coelho, Stefano Trasatti, Luís Osório, Vicente Jorge Silva, Óscar Mascarenhas, Eduardo de Miguel e Alicia Cytrynblum. A título de exemplo citamos as palavras de Guilherme Oliveira Martins: «Comunicar exige compreender. Comunicar obriga a usar os deveres profissionais num sentido de humanização, de respeito e salvaguarda da dignidade das pessoas. A comunicação social age no espaço público. Por isso liga permanentemente liberdade, autonomia e responsabilidade. E não pode haver indiferença em relação às situações de desrespeito dos direitos fundamentais. Numa sociedade pluralista impõe-se assegurar que a igual consideração e o respeito por todos não sejam ideias ou palavras vãs. E o rigor da comunicação, bem como a procura da verdade têm de se constituir em horizontes permanentes de exigência, a fim de que a sociedade se torne um lugar de encontro e de compreensão. A relação entre jornalismo social e ética da comunicação obriga, assim, a que, ao invés de se tornarem porta-vozes de quem quer que seja, os profissionais da comunicação se tornem factores de enriquecimento do espaço público.» (Edição: Padrões Culturais, Colecção: Ensaios CAIS) José do Carmo Francisco --

Autoria e outros dados (tags, etc)

por José do Carmo Francisco às 17:03



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Fevereiro 2014

D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
232425262728





Visitas