Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Transporte Sentimental



Sábado, 04.10.14

«o cinema chegou a portugal» de a.j.ferreira

Image.jpg


António Joaquim Ferreira nasceu em 1924 (Gouveia) e tem desenvolvido o seu interesse de investigador em duas áreas: o Cinema e a Literatura infanto-juvenil. É o autor de «A fotografia animada em Portugal» (1986) e de «Animatógrafos de Lisboa e do Porto» (1986-1989). Neste livro com muitas fotografias e reproduções de notícias de jornais da época, o autor recorda como em 28-12-1894 surgiu nas lojas do Hotel Avenida Palace uma projecção de Lanterna Mágica, vistas estereoscópicas e a fotografia viva. Em 6-3-1895 apareceu o Kinetoscópio na Casa Travassos do Rossio e em 18-6-1896 foi apresentado o Teatrógrafo com 8 filmes no Real Coliseu da Rua da Palma. D. Carlos e D. Afonso (seu irmão) assistiram ao Animatógrafo Colossal de 27-8-1896: a chegada do expresso de Paris ao porto de Calais. O operador Henry Short, enviado a Portugal por Robert Paul, filmou uma tourada e a Boca do Inferno em Cascais. Filmou também, no Retiro da Pipa, no alto da Avenida da Liberdade, uma luta de jogo-do-pau entre Sousa Santos e Ambrósio Blanco: eles foram os primeiros actores portugueses de Cinema. Aurélio Paz dos Reis é outro dos pioneiros aqui referidos: viu no Porto o animatógrafo Rousby e acreditou nas possibilidades comerciais do novo invento. Foi a Paris e comprou um aparelho cinematográfico, um Kinetographe de G.W. de Bedts. Já no Porto filmou umas manobras de bombeiros e um cortejo eclesiástico. Outros se seguiram: uma feira de gado, um Zé Pereira, um jogo-do-pau e uma saída do pessoal operário da Fábrica Confiança. O cinema tinha chegado a Portugal. (Editora: Bonecos Rebeldes, Revisão: Sónia Barros, Capa: The Strand Magazine) --

Autoria e outros dados (tags, etc)

por José do Carmo Francisco às 10:25



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Outubro 2014

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031





Visitas