Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Transporte Sentimental



Quinta-feira, 01.05.14

no «lisboa convida - 10 anos» mami pereira volta ao ataque

Image.jpg


Há uns anos contactei por «mail» Sofia Paiva Raposo e Vera Abecassis dando sinal da minha surpresa, repulsa e indignação pelo insólito texto sobre o Príncipe Real no Guia Lisboa Convida assinado por Mami Pereira. Nele se lia, entre outros «mimos», que os velhotes jogavam à batota. Era mentira absoluta: nem são velhotes nem jogam à batota. São reformados que não têm muitas vezes dinheiro para os medicamentos da Farmácia quanto mais para jogarem à batota. Eles passam o tempo entretidos com as cartas de jogar mas nem são velhotes nem jogam à batota. A reacção das duas directoras da Lisboa Convida (Guia gratuito) foi de apelo à minha paciência porque se tratava de uma jovem redactora, enfim o costume, era preciso dar tempo ao tempo, desculpar, perdoar. Como deixei de ler as pérolas da referida colaboradora pensei que os seus textos tinham sido varridos para debaixo do tapete. Descubro agora na edição nº 21 (2013-2014) três inesperadas jóias. Uma revela grande desfaçatez, grande atrevimento e grande ignorância pois compara a sua (dela) actividade na Revista a uma colónia de férias. Nem mais nem menos. Aquela referência aos velhotes a jogarem á batota é, portanto, uma acção própria de quem está numa colónia de férias onde o principal é brincar – qualquer coisa serve. A segunda é um pobre jogo de palavras («Os guias fizeram de guião») e a terceira um atrevimento terrível: Mami chama a Lisboa cidade épica mas não faz ideia do que significa a palavra. Do alto da sua ignorância, atreve-se a escrever «Xô Woody Allen, já cá temos tudo» mas o próprio poderia responder se perdesse tempo a ler isto: «Podem ter tudo mas não têm o Woody Allen, ora essa!» E é verdade. E ninguém leu isto, D. Sofia e D. Vera? Pelos vistos não e uma coisa lá porque é gratuita não tem que ser pobre de espírito. --

Autoria e outros dados (tags, etc)

por José do Carmo Francisco às 10:57


2 comentários

De Antonio Hub Teixeira a 05.05.2014 às 23:01

Parabéns Zé do Carmo sobre o artigo do NOSSO jornal. Aos poucos tem acabado. com "ele". É aquilo que muitos têm desejado a alguns anos. Lembra-se Zé ? Tínhamos orgulho, por muitos motivos e mais um .Era o jornal de clube mais antigo do mundo. Há muitos culpados para que isto que agora se está a passar esteja a acontecer. Poderia citar nomes, mas não o faço porque são sportinguistas e eu não gosto atraiçoar o MEU/NOSSO Sporting, Não eles porque não o mereciam. Mais uma vez obrigado Zé pelo que escreve E para terminar este pequenino desabafo e agradecimento. Uma pergunta faço ao "entendidos" do Clube. Acham que os milhões de adeptos sportinguistas têm condições logísticas e financeiras para ler o nosso jornal na internet ? É que um eurozito sempre se arranja.....Um abraço amigo
Hub Teixeira .

De Joaquim do nascimento a 11.05.2014 às 14:16

Ora essa, Poeta, não temos Woody Allen mas temos João César Monteiro, que fazia filmes sem imagens, não sei se legendados se não.

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Maio 2014

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031





Visitas