Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Transporte Sentimental



Quinta-feira, 04.12.14

manuel sequeira, por favor chegue-se à frente, isto é consigo

Image.jpg


Hoje acordei às quatro da manhã em pleno pesadelo a pensar numa palavra. Desde que comecei a escrever nos jornais («Diário Popular» em 1978 e «A BOLA» em 1979) as palavras são todas da minha família, não as sinto a qualquer distância. Ora esta palavra do pesadelo de hoje não é uma qualquer porque se trata de algo que não existe. Por isso é especial. Trata-se de «concerteza». Por ser uma caso diferente chamo à leitura o meu amigo Manuel Sequeira, revisor de Imprensa, infatigável caçador de gralhas e de palavras insólitas como, por exemplo, «calhabardais», uma palavra que se usa muito nos Montes da Senhora (Proença-a-Nova) mas não surge nos mais conhecidos dicionários. O mesmo acontece com esta «concerteza» que acabei por descobrir no livro de um amigo. Lá pela página 47 surge a referência a propósito das mulheres da Lezíria Ribatejana: «As mulheres deviam ser como um homem para trabalhar. Para o patrão, concerteza, isso seria o ideal principalmente ganhando, como ganhavam, o preço das mulheres!» Isto, claro, para lá de tratar das lides doméstica, da horta ao Domingo se a havia, dos filhos todos os dia, eventualmente de alguns animais de capoeira.» Ora a palavra «com certeza» não existe. Se tivesse existência reconhecida ela figurava nos dicionários entre as palavras «concertar» que significa combinar e «concertina» que significa acordeão. De facto o correcto é «com certeza isto por oposição a «sem certeza» tal como «de mais» é o oposto de «de menos». E lê-se muitas vezes por aí «demais» por erro, talvez influência do castelhano. O meu velho professor Pires de Lima em Vila Franca de Xira dizia sempre «Os demais são os outros. Não façais confusão!» Ele tinha razão, meu caro Manuel! --

Autoria e outros dados (tags, etc)

por José do Carmo Francisco às 14:05



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Dezembro 2014

D S T Q Q S S
123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031





Visitas