Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Transporte Sentimental



Terça-feira, 29.11.16

«gralhas», granizo e azeite na «pátria da chuva» de fernando alves

Image.jpg


Camilo Castelo Branco (1825-1890) não escrevia com «gralhas». A edição Círculo de Leitores/ R.B.A. em 2005 traz no «Livro negro de Padre Dinis» uma «gralha» - águas-frutadas por águas-furtadas. Na «pátria da chuva» o branco do granizo faz contraste com o negro dos pinheiros queimados. Também arderam oliveiras. Na praia fluvial da Aldeia Ruiva o único sinal de vida são as carrinhas de caixa aberta com azeitona para o lagar. Ali o mestre dirige as operações numa gramática tão antiga como a Escola Primária: «Verde foi meu nascimento / E de luto me vesti / Para dar a luz ao Mundo / Mil tormentos padeci». Os versos eram do tempo das candeias, ainda não estava generalizada a electricidade. Nesse tempo antigo, numa aldeia da Estremadura, eu era criança num lagar cujo mester era meu tio-avô. Perante a estranheza dum prato sem sardinhas nem bacalhau, um homem advertiu-me: «Ó menino, batatas com azeite já é comer!» Na nossa lagaragem os números são quase residuais: 187 quilos de azeitona dão 22 litros de azeite mais as borras que na Isna de São Carlos chamam cabeças. São doze cêntimos por quilo; dá um euro por litro. Aqui o dia fica pontuado pela cegarrega da moto-serra do madeireiro que vemos partir já no lusco-fusco do fim do dia a caminho de Pedrógão Grande. Tal como na lamentação do velho zangado no café da vila: «O homem de Pedrógão já abalou e agora quem é que me paga os pinheiros?» A tempestade de granizo parou, o branco do gelo é agora água nas pequenas ribeiras que, no Verão, são caminho de gente e de animais. Do fundo da última rua da aldeia saem três homens a tocar concertina, talvez empurrados pelas azeitonas, pelas lascas de presunto, pelo pão e pelo vinho morangueiro. Há uma luz teimosa como teimosa é a música dos homens sobre o negro desolado do fogo. --

Autoria e outros dados (tags, etc)

por José do Carmo Francisco às 07:41



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Novembro 2016

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930





Visitas