Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Transporte Sentimental



Terça-feira, 16.12.14

dos 70 anos da pastelaria «orion» à foto de manuel neto

Image.jpg


Conheci a Pastelaria Orion em Setembro de 1966 quando comecei a trabalhar na secção de Estrangeiro do BPA da Rua do Ouro e vim morar para a Travessa do Caldeira. A Orion era uma pastelaria de referência para o meu pai que de lá levava todas a manhãs garrafas de leite para as netas da sua patroa. O senhor Armando, fundador da casa em 1945, andava sempre a cem à hora, dentro e fora do balcão. As meninas do Restelo (a Verinha e a Carmucha) nunca mais as vi mas devem ser hoje já senhoras a caminho de serem avós – tal como eu que já tenho um neto na quarta classe e outros dois em colégios a caminho dos quatro anos. Pois a Orion está diferente: já a preparar os seus 70 anos, modernizou a sua decoração, tem mais luz, a máquina do tabaco deixou de estar à entrada, tudo ali parece maior. As suas broas de mel e os seus pastéis de nata continuam a ser a imagem de marca de casa mas agora juntou-se o «pequeno-almoço inglês» ao «pequeno-almoço continental» além dos bolos de aniversário e dos pudins e semifrios. A Pastelaria está muito ligada à minha vida. O meu primeiro poema adulto foi publicado no «Diário Popular» que era ali ao pé, num certo dia de Agosto de 1978 quando a minha filha Ana era entregue à minha mãe à porta da Orion, a meio caminho entre a minha casa nova (São Pedro de Alcântara) e a casa velha (Travessa do Caldeira) onde ela foi criada até aos três anos. A Orion fica na Calçada do Combro nº 1, essa bela calçada que o fotógrafo Manuel Neto aqui tão bem regista num postal da Editora «19 de Abril». Tudo isto está também no meu livro «Poemas de Lisboa e Borda de Água» (Editora Apenas Livros) com a Balada da Calçada do Combro quase ao lado do poema para uma fotografia das janelas de Manuel Neto. --

Autoria e outros dados (tags, etc)

por José do Carmo Francisco às 10:31


1 comentário

De Helena Pedro a 16.12.2014 às 15:23

Grata Zé, pelo teu testemunho.
Desde Setembro de 1945, a Orion já vai na terceira geração.
Desde a década de 50 até hoje, muitos diariamente entraram e sairam por aquela porta, que hoje recordo com saudade.
Um grande abraço.
Lena

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Dezembro 2014

D S T Q Q S S
123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031





Visitas