Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Transporte Sentimental



Segunda-feira, 18.05.15

«coisas boas que não engordam» de joão viegas

Image.jpg


«Coisas boas que não engordam» de João Viegas João Viegas (n.1945) é autor de vários livros de contos e de um recente (2010) «Cozinha fácil para homens que não sabem estrelar um ovo». Nesta mesma linha abre o seu livro com uma advertência: «É condição essencial a um bom regime alimentar comermos várias vezes ao dia pequenas e seleccionadas quantidades de alimentos para não chegarmos esfomeados à mesa do almoço ou do jantar». Recorda o autor do texto e das fotos que há muitos anos foi levado por um amigo jornalista a um restaurante vegetariano mas na altura nunca mais quis ouvir falar deste tipo de comida porque tudo era sombrio desde a clientela ao aspecto dos pratos; parecia uma seita religiosa. Neste livro, com as várias receitas de comida vegetariana, João Viegas mostra que a situação mudou para melhor. Um outro aspecto é a revisitação às sopas que no livro são o contrário do pesadelo da infância quando as mãezinhas nos obrigavam a comer aqueles grelos esverdeados a boiar num caldo gorduroso. Será este pormenor de «um novo olhar» sobre a culinária que torna a leitura deste livro uma descoberta fascinante. Além da comida vegetariana e das sopas, surgem nestas páginas receitas de: entradas e snacks, peixes e mariscos, aves e carnes, doces e frutas. O sabor crioulo de Nova Orleães está presente na página 19 – Pasta picante de caranguejo – em três tempos: «1-Misture bem o queijo creme, as natas, o molho picante e o alho até conseguir uma pasta mole. Tempere a gosto com sal e pimenta. 2- Aqueça esta pasta num tacho, em lume médio, durante 2 a 3 minutos, mexendo sempre. 3- Derrame esta mistura sobre o miolo de caranguejo, as cebolinhas, a salsa e o sumo de limão, e aqueça durante cerca de um minuto servindo de imediato.» São 182 páginas de informações úteis («mais sabor, mais saúde, menos peso») e de receitas apetitosas que estão todas pensadas para quatro pessoas e sempre na perspectiva de Óscar Wilde: «O bom gosto é muito simples, basta-nos escolher o melhor de tudo». (Editora: Bizâncio, Revisão: Sandra Pereira, Capa: Sofia Silveira, Colaboração: Delfina Viegas) --

Autoria e outros dados (tags, etc)

por José do Carmo Francisco às 10:25



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Maio 2015

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31





Visitas