Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Transporte Sentimental



Sábado, 10.10.15

a voz de amália em 1964 era um narcótico «não há melhor vida cáquela ca gente tem»

Image.jpg


Estes resultados eleitorais de 2015 entre o delírio e a alucinação não nasceram de geração espontânea. Tudo tem as suas raízes, a guerra ideológica é antiga. Corria o ano de 1964 quando Amália Rodrigues surgiu com o disco «Canção da Boa Gente» que para muitos ficou conhecida como «Tarde, tardezinha». Tratou a canção de louvar uma certa família de boa gente, gente sempre pronta a obedecer aos outros legítimos superiores, conforme se percebe pela memória dolorosa que dela ainda tenho: «Quando a tarde chega / tarde, tardezinha / já o jantar fumega / na lareira da cozinha / Os filhos sorriem / o Manel também / não há melhor vida / cáquela ca gente tem». Só falta afirmar como dizia o monstro de Santa Comba Dão - «Está tudo bem assim e não podia ser de outar forma!». Isto porque o retrato completo da boa gente é dado noutro passo da canção: «Não invejo nada / nem quem tem dinheiro / pois pa trabalhar / tem-se o mundo inteiro / basta só fazer o que se é capaz / que a felicidade está naquilo que se faz». Uma outra memória dessa canção de 1964 é quando Amália Rodrigues canta estes versos: «Menino Jesus / boquinha de riso / faz ca minha gente / seja gente de juízo». Ter juízo em 1964 era defender a Pátria dos outros, era morrer pela Pátria dos outros, era emigrar para os «bidonville» de Paris, era não perceber como lá as horas extraordinárias eram pagas a dobrar, era, pelo contrário, ser do contra e entrar no quadrilátero da vergonha – Aljube, Caxias, Peniche, Tarrafal. Anos mais tarde a mesma Amália Rodrigues escreveu a Salazar uns versos e enviou flores para a Cruz Vermelha em Benfica: «Ponha-se bom depressa / meu querido presidente / que essa sua cabeça / não merece estar doente.» A cabeça de muitos portugueses ainda não recuperou dos anos 60, seu delírio e sua alucinação. Pois. --

Autoria e outros dados (tags, etc)

por José do Carmo Francisco às 15:07



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Outubro 2015

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031





Visitas