Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Transporte Sentimental



Quinta-feira, 21.04.16

«a rh - (sanguis languens)» de patrícia baltazar

500.jpeg


A Poesia portuguesa actual é uma paisagem povoada por livros grandes mas também por livros pequenos. Não por acaso o editor chama a este mais recente livro de Patrícia Baltazar «pequeno objecto» embora nas suas 22 páginas caibam citações de Marguerite Duras, Manuel Cintra, Ulalume González de León, Ana Hatherly, Luiza Neto Jorge, Veronika Zondek, Maria Velho da Costa, Paul Celan, Melville e Alejandra Pizarnik. O ponto de partida é a fragilidade que se inscreve no poema da página 19: «Sou pela manhã, uma criatura tão frágil, tão trémula que só medicamentos, café de balde e dois cigarros me ajudam a suspirar o dia que aí vem.» Perante a fragilidade da vida só o amor pode ser resposta: «O amor é que transforma o Mundo. O Amor é que expande o Universo. Precisamos de amor-mesmo. E de sexo também.» A Poesia pode ser (e é) o Amor: «Parecendo que não, os artistas, os escritores, os poetas, mesmo os mortos, estão muito vivos.» O poema é uma teimosa afirmação, uma dupla negação da morte. Primeiro: «Não vou morrer ainda. Vou pôr as minhas mãos em tudo o que puder. Vou abraçar os meus amigos. Vou namorar. Vou seduzir. Vou ler. Vou abraçar a minha filha com todas as forças e vou dar todo o amor que conheço.» Segundo: «Não quero deixar os meus poemas. / Não quero deixar os meus livros. / Não quero deixar a minha tentativa de palco. / Não quero deixar de beber café e fumar de manhã. / Eu sou isso tudo e mais os meus outros sonhos.». Também na despedida há uma dupla inscrição; terra e mar. Na página 21 «Porque quando desaparecer, quero deixar um grão na terra. Só um.» Na página 20 «E quando desaparecer, gostava de levar tudo comigo no mar. É que eu sou da água. Todos sabem disso.» (Edição: Palavras por Dentro, Ilustração: Manuel Cintra, Logotipo: Bruno Broa, Impressão: Artes Gráficas de Lisboa, Arte Final: Vítor Silva) --

Autoria e outros dados (tags, etc)

por José do Carmo Francisco às 13:33



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Abril 2016

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930





Visitas