Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Transporte Sentimental



Sexta-feira, 19.02.16

«a poeira que cai sobre a terra» de francisco josé viegas

Image.jpg


O título deste volume de Francisco José Viegas (n. 1962) é retirado da segunda narrativa das cinco que integram o conjunto: «Um gosto pela imperfeição» (98 páginas), «A poeira que cai sobre a terra» (60 páginas), «Lágrimas de Sydney» (25 páginas), «A câmara invisível» (26 páginas) e «Uma recordação de Dezembro» (15 páginas). O ponto de partida da primeira narrativa é, como nas outras, um assassinato: «uma jovem assassinada na casa de banho de uma discoteca que provavelmente os pais podiam ter frequentado em tempos. Ao som de música angolana.» Uma das personagens, Esther Graydon, a viver no Porto desde 2002, afirma sobre a vida em Inglaterra: «Muito aborrecido. Um país aborrecido onde as pessoas se irritam frequentemente figindo que se divertem.» Para quem conhece as histórias do inspector Jaime Ramos o livro é um saboroso reencontro; para quem não conhece é uma grande descoberta. Lá está Jaime Ramos em corpo inteiro: «Aprendera, por comodidade, a desconfiar da harmonia do mundo. Não por gosto mas por hábito, desmantelando a felicidade onde só existe felicidade, inventariando maus hábitos, vícios ocultos, segredos, vidas soterradas por segredos que desabam.» Lá está o humor: «Separar-se acontece com toda a gente excepto com os pombos e as doninhas.» Lá está a gastronomia: «A água quente explodiu, separando os grãos de arroz, libertando-os da gordura e formando um caldo onde eles perderiam a rigidez, cozendo depressa com um pouco de sal. Nuam caçarola juntou os pedaços de frango, reunindo-os ao azeite que já fervia…» Lá está também a oposição entre a Cidade e as Serras: «A província é um mundo ignorado e brutal, cheio de memórias, de adultérios e de ressentimentos.» Jaime Ramos é um homem único, diferente e especial até nos mais pequenos pormenores como, por exemplo, fumar numa livraria: «Não vai fumar aqui, pois não? «Vou», disse ele. «Mas ninguém vai saber». (Editora: Porto Editora, Capa: Manuel Pessoa, Foto: Pedro Loureiro) --

Autoria e outros dados (tags, etc)

por José do Carmo Francisco às 17:03



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Fevereiro 2016

D S T Q Q S S
123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
2829





Visitas