Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Transporte Sentimental



Quinta-feira, 14.04.16

a gramática do som dos sinos da igreja da minha aldeia

Image.jpg


O desafio para escrever esta crónica tem uma origem inesperada: o poeta e antropólogo Luís Filipe Maçarico telefonou-me a sugerir a escrita das minhas memórias de hoje para o som dos sinos de Santa Catarina - a minha aldeia. Logo hoje que isso me lembra ainda mais por causa dos sinais dobrados no funeral da minha mãe. Passaram vinte e um anos mas é sempre como se tivesse sido agora mesmo. Nestas coisas do sentimento não há datas; apenas memórias. Mas eu ainda lhe tentei lembrar os outros toques dos sinos da minha aldeia como por exemplo os repiques dos baptizados, os repiques dos casamentos ou o alegre som das procissões quando um foguete dava o sinal do arranque. Ainda hoje me faz alguma confusão como é que o som de cima (os sinos) não perturbava nem interferia no som de baixo (a filarmónica) com os seus metais, as suas madeiras e a sua pancadaria. Havia um reportório de marchas graves. Alinhados no azul das fardas, os músicos formavam logo atrás do pálio e à frente do povo. Temos na igreja da nossa terra uma santa padroeira (Santa Catarina de Alexandria) cuja festa em Novembro constitui um desafio para qualquer filarmónica. Às vezes chove, muitas vezes chove e não é possível realizar a procissão. Mas isso era eu a lembrar a alegria porque a dor maior da morte de quem nos deu a vida teve para mim no dia 14-4-1995 uma dupla inscrição: na gramática dos sinos e na biografia particular. Os sinais dobrados são um som que arrepia porque entra no cérebro a martelar uma a uma essas notas da música mais triste numa pauta invisível mas real. Como se toda essa tristeza dos sinos da minha aldeia fosse o tempo e o lugar da música que nasce e não morre nunca no coração de todos nós. Nota final – a fotografia é de Valer Vinagre e espero ter ficado na prosa à altura do seu trabalho na imagem. --

Autoria e outros dados (tags, etc)

por José do Carmo Francisco às 18:11



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Abril 2016

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930





Visitas