Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Transporte Sentimental



Terça-feira, 10.01.17

fernando alves, joel neto e luiza costa - para cada um sua verdade

Image.jpg


Escrevo esta crónica depois de 39 minutos de pura maravilha a ouvir um trabalho de Fernando Alves na TSF. O pano de fundo é o livro de crónicas de Joel Neto e o seu regresso à terra onde nasceu. Outro dia mandei-lhe uma carta da Global Notícias que foi enviada para a sua morada de Lisboa. Utilizei um envelope de correio azul mas ainda não me acusou a recepção. Talvez já esteja integrado nos mundos separados que sempre existiram na sociedade portuguesa: a Cidade e o Campo. Basta ler Camilo Castelo Branco, Carlos de Oliveira, Júlio César Machado ou Raul Brandão para esse muro instalado aparecer em toda a sua dimensão. A minha mãe (1929-1995) voltou à sua terra natal e sofreu um choque quando uma amiga lhe disse: «O teu marido andou tanto ano lá por Lisboa e a reforma não é coisa que se veja; vocês comem tanto bacalhau!». Quanto a Luiza Costa, objecto de uma crónica de Joel Neto em 2-7-2015 (que não está no livro) tem todo o direito de não gostar do Campo. Ela sabe que a felicidade pela agricultura não existe: Alexandre Herculano em Vale de Lobos é um exemplo. Joel Neto não foi feliz quando escreveu que para Luiza «o problema é as coisas estarem vivas». Não é o caso tal como não me parece feliz a expressão «recebeu plateias» porque as plateias conquistam-se, seduzem-se ou enfrentam-se mas não se recebem. Depois não me parece que haja sotaque onde apenas noto pronúncia. Mais à frente aparece uma espécie de juízo que divide os açorianos em duas classes «os que conseguem regressar e os que não poderão fazê-lo nunca». Até parece o outro que tentou insultar um jornalista da Ribeira Grande num café de Ponta Delgada gritando-lhe «Tu nem és açoriano!» Afinal é tudo mais simples: para cada um sua verdade; uns gostam mais do Campo, outros da Cidade. --

Autoria e outros dados (tags, etc)

por José do Carmo Francisco às 12:55


Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Janeiro 2017

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031





Visitas